• Rebeca Estrela

SAIBA POR QUE O REGISTRO DE MARCA É FEITO EM CLASSES!

Se você já se interessou em saber um pouco mais sobre o processo de registro de marcas no Instituto Nacional de Propriedade Industrial brasileiro ou em qualquer outro semelhante no estrangeiro, já deve ter se deparado com a seguinte pergunta: o que seriam classes e por que se deve escolher uma para registro?


gif

Isso porque o depósito de marca é feito de forma específica sob a classe desejada, bem como é precificado por quantidade de classes em que a marca será depositada.


gif

As classes que o INPI utiliza se baseiam na Classificação Internacional de Produtos e Serviços de Nice (NCL, na sigla em inglês): uma lista padronizada mundialmente dividida entre produtos, listados nas classes 1 a 34, e serviços, listados nas classes 35 a 45.


Essa lista está sempre sendo atualizada pelas autoridades internacionais de PI, para que alcance o maior número de serviços e produtos que estão no mercado.


MAS CALMA, o que acontece se o serviço/produto em que eu desejo registrar minha marca não estiver nessa lista?


gif

Além de existirem Listas Auxiliares, o especialista em PI pode optar por registrar sua marca na classe mais próxima ao seu mercado no formato de “livre preenchimento”, para que possa especificar detalhadamente o seu negócio diante do depósito de pedido de registro de marca no INPI.


Ficou com alguma dúvida ou possui interesse em registrar sua marca? Fala com o CMRD! É só clicar aqui :)



0 comentário