• Eduarda Fernandes

COMO O COMPLIANCE EM LGPD PODE TE AJUDAR A DESCOBRIR PROBLEMAS OCULTOS NO SEU NEGÓCIO?

Já pensou em poder prevenir ou até mesmo desvendar problemas ocultos dentro do seu empreendimento em relação aos dados que você coleta?


Acredite, isso é possível através do Compliance em LGPD!


gif

Mas antes de entender especificamente o que é essa ferramenta, é importante compreender que “compliance” nada mais é do que estar em conformidade com algo, seja uma norma ou uma instrução interna.


Quando utilizado no cotidiano de empresas, o compliance representa uma série de intervenções que objetivam materializar a execução de normas legais e de políticas internas para evitar, detectar e solucionar os desvios ou inconformidades que existam ou que possam existir dentro da sua empresa.


Dessa forma, pode-se entender o Compliance em LGPD como um conjunto de ações que visam aplicar a Lei Geral de Proteção de Dados dentro de uma empresa ou instituição por meio de medidas que consigam identificar brechas que culminem no uso inadequado dos dados e das informações coletados.


E como isso pode ser implementado dentro da sua empresa?


Vem que o time CMRD te mostra!

gif

  1. Reunião de Kickoff e Gap Assessment: o primeiro passo é fazer uma reunião inicial para começar a execução do projeto e entender mais sobre as peculiaridades que permeiam sua empresa. Após esse contato inicial, é feito um aprofundamento da realidade da empresa, identificando e analisando as lacunas que envolvem o tratamento dos dados;

  2. Data Flow e Data Mapping: depois dessa análise das possíveis brechas, inicia-se o processamento da verificação do fluxo dos dados internos, rastreando e catalogando as informações coletados pela empresa;

  3. Adaptação de Documentos: após a realização dos procedimentos acima, é hora de adequar e validar internamente os documentos;

  4. Registro de Operações de Tratamento de Dados (ROPA): com os documentos devidamente adaptados, é feito o R.O.P.A. Nessa etapa, é feito o registro de todas as operações que envolvam dados pessoais, devendo ser realizado por controladores e operadores;

  5. Treinamentos Internos: por fim, a realização de treinamentos internos é imprescindível para que os colaboradores possam entender acerca da importância de se adaptar à nova realidade e concretizar as mudanças advindas das etapas anteriores.


Esses cinco passos possibilitam que você evite, detecte e solucione as possíveis lacunas que permeiam o tratamento de dados da sua empresa, fazendo com que seu negócio esteja em conformidade com a LGPD.


Ficou com dúvida sobre algum desses pontos? Entre em contato com o time do CMRD!


0 comentário